Análise do ano 2016 e perspetiva para 2017

Análise do ano 2016 e perspetiva para 2017

Pedro Pereira, Administrador da inCentea e responsável pela Unidade Microsoft, fez uma resenha do que foi 2016. Numa apresentação interativa, destacaram-se alguns números, como o aumento de 24% do volume de negócios em 2016, relativamente ao ano de 2015, a aposta do grupo na formação dos seus colaboradores (mais de 22000 horas), e a taxa de natalidade dentro das empresas inCentea, reveladora da segurança sentida pelos seus colaboradores. Ressaltou-se ainda as inúmeras atividades de envolvimento interno, as parcerias várias, e o constante desafio de juntar à experiência de quem está, a jovialidade de quem chega.

No momento subsequente, Luís Barreiro, Administrador da inCentea e responsável pela Unidade Primavera, partilhou o que vai ser o futuro próximo da inCentea, abordando o caminho que se perspetiva para 2017, e sempre dentro do âmbito dos quatro pilares da Visão estratégica 2020: Global, Identidade, Pessoas e Valor, a inCentea está a reorganizar-se, para consolidar, aproximar e descobrir. Isto quer dizer que (re)descobrir a ESSÊNCIA é a forma de consolidar o que somos, o caminho para aproximar quem faz a viagem da inCentea: os que um dia a começaram e os que só agora começam e a maneira de, ao celebrar 30 anos, descobrir como continuar a viagem.